Thursday, October 26, 2006

DILEMA DE MORAR SOZINHO - VI


Amar intensamente





Para você que mora sozinho, um perguntinha, só por curiosidade: quando você vai deixar de viver este dilema? Não me refiro em dividir o cantinho com amigo(a), mas falo sobre a vida conjugal. Já tem um amor?

Ai, ai, ai... já falei em outro tópico, acertei na loteria. Já tenho o amor! Morar sozinho nos proporciona a liberdade para amar intensamente. Você não precisa dar satisfação para ninguém e muito menos para vizinho fofoqueiro. Você entra e sai a hora que quer.

Às vezes, estou sentada na cama, pensando na vida, ele bate na porta, meu coração dispara. Caio em seus braços e seu beijo me envolve. Ainda bem que moro sozinha assim posso desfrutar de um momento romântico sem medo de ser feliz.

Esta série, é para trocarmos experiências, mesmo! Compartilhar das resistências às mudanças. E nada melhor que dá uma pitada de romantismo, mesmo de forma tímida.
Ah, eu não vou ficar entrando em detalhes do que rola entre as quatro paredes do meu cantinho. Vou deixar por conta da sua imaginação. .


Eu confesso: tenho muita coisa ainda para contar!

2 comments:

Tony said...

parece aboslutamente infame isso que vou dizer mas, hoje eu nao temo tempo para um amor. Obviamente que amor noa tem hora, mas os compromissos de trab e faculdade tem, e encontrar uma pessoa que leve uma vida similar a sua ou q no minimo entenda o ritmo de sua vida, pra mim, tem sido uma tarefa assaz [im]pertinente...
já tive a chance de namorar esse ano, pra saber que a coisa nao dá certo... tou numa fase muito "pra mim", creio q qdo desencanar disso estarei melhor para oferecer a uma companheira um relacionamento digno para os dois, em vários sentidos.

Otimos dias para voce...

Lara said...

Moça...lembrei muito de vc essa semana. Nunca tive tanta vontade de morar só!
Linda imagem do post!
bjus e bom fds! :)

Sigam-me os bons!

Receba as novidades por e-mail :