Friday, June 27, 2014

Da Série: (H) de Homem (M) de Mulher - Parte V




Bombaram nas últimas semanas dois textos sobre a mulher moderna: A incrível geração de mulheres que foi criada para ser tudo o que um homem NÃO quer, do Estadão, e, A incrível geração de mulheres chatas, da Folha de São Paulo. Um duelo de ‘mulherzinhas’. 
Os dois textos são excelentes. Concordo parcialmente com ambos.

Nesta briga de puxões de cabelos, o homem foi o centro das atenções. Eles estão se sentindo!

Muito se falou em mulheres independentes que não encontram homens, sob a alegação de que eles preferem uma que exerça o papel da mãe deles em casa. Mas nenhuma tocou no assunto de que os homens dessa mesmíssima geração de mulheres 'incríveis' estão em busca de daquelas que querem encontros casuais. Enquanto eles não acham a certa, divertem-se com as erradas. Fato! Vamos acabar fazendo parte da ‘Incrível geração de mulheres mimimi’. 

Se neste tabuleiro, o maior desejo é comer a rainha. O que nos resta é usar o cavalo. Sim. A mulher quer comer o rei. Ela já deu a volta por cima. Ela busca prazer, seja por uma noite e nada mais. E isso não é mais só mérito deles.

Por incrível que pareça, ainda existem homens que veem a mulher como troféu – e isso independe da geração: é visceral. Qual o homem que não quer desfilar com uma mulher bonita, charmosa, bem resolvida?

Afinal, como os homens idealizam uma mulher? Embora já seja bem batido... vamos lá!

1.Que seja bonita por fora (Para não ter problemas, que seja interessante. Pronto!);

2.Que saiba conversar (Não é pedir muito. Isso no primeiro encontro faz toda diferença);

3.Que tenha gostos iguais aos dele (Cinema, praia, viagens, entretenimento, ficar em casa. Isso é um filtro!);

4.Que seja carinhosa (Mas que também goste de morder!);

5.Que seja protetora (Saiba dar nó na gravata, observar furos nas roupas, não deixar o homem sair amarrotado);

6. Que saiba cozinhar (Se não sabe, trate de aprender. Eles querem provar o teu sabor);

7.Que seja companheira (Que divida a conta ou ajude nas despesas de casa – há controvérsias);

8. Que goste de sexo (Isso é biológico!);

9.Que finja que não ver, quando ele olha sutilmente para uma mulher bonita na rua quando você estiver com ele (Isso é instintivo! E, não tem a ver com desrespeito);

10.Que seja sábia. (Que junte tudo isso e bata no liquidificador!);

Talvez, você mulher, tenha se visualizado neste TOP 10. Talvez não.

Talvez, você homem, esteja se questionando, por que elas complicam tanto?

Particularmente, adoro ouvir histórias sobre relacionamentos. Já li muitos livros sobre o assunto. Acesse a série completa e veja os textos antigos – estão mais atuais do que nunca. Esse tema é universal. Pudera fossem os finais ‘...e viveram felizes para sempre’.

Nossa incrível geração de mulheres deve se preocupar em tirar proveito das experiências, criar novidades se as perspectivas envelhecerem.

Na boa...

Série completa: AQUI

Deixe seus comentários!

Participe da nossas redes sociais


Facebook

Fique sabendo de tudo o que acontece nesse nosso mundo Incessante, curta a fanpage e siga o instagram da loja!





Tuesday, November 29, 2011

SÉRIE: (H) de homem (M) de mulher - IV



Fui ao supermercado esta semana e ouvi uma operadora de caixa falando para outra: Sexta que vem, vamos na casa dos machos. Na ocasião, tocava na banca do camelô a música com essa "tirada".

Em tempo de desapego, eu penso que isso é o reflexo da falta da "conquista" masculina. O fato é que o homem está investindo pouco nisso. Culpo parcialmente as mulheres, pois no processo da conquista, a entrega do corpo está fácil demais, agora, a entrega da alma, elas estão dificultando um pouco. Você pode não concordar, mas quando as mulheres fazem isso ao contrário, primeiro a alma, depois o corpo [seja lá por qual motivo], elas ficam extremamente complicadas.

Não é mais novidade que as mudanças no comportamento feminino tornaram-nas mais seguras e independentes, contudo, aprenderam abdicar do sofrimento causado por eles, e, a  tendência é que traiam mais e fiquem sozinhas.

Em pensar que a sexualidade no universo feminino já foi um buraco negro, superado pela liberdade de expressão, leis contra violência à mulher entre outros movimentos.Elas também querem sexo sem compromisso, prazer incondicional, querem ir à "casa do machos", afirmando direitos iguais quanto aos homens combinarem de ir à "casa das primas".

E mesmo na inversão de valores, e na controvérsia dos bons costumes, a mulher, pela sua natureza anseia ser conquistada e admira homens românticos. 

Sunday, July 18, 2010

Prato do dia: Traíra

(H) de homem (M) de mulher - III






O que você faria se descobrisse que está sendo traída por seu namorado ou marido com sua melhor amiga? Você perdoaria uma traição?

Não há dúvida que a mulher tende a ser mais fiel que o homem. Mas com a ascensão feminina no mercado de trabalho, onde  elas estão expostas a novos cenários, como happy hours, viagens, encontros de negócios, etc., elas ganharam maior espaço  para conhecer novas pessoas e por que não homens interessantes? Isso nos leva a crer que  até as mulheres "comprometidas" estão propensas a traírem.

Por esses dias, circulou na internet um vídeo de uma mulher agredindo uma suposta amante do seu marido. Um problema que era para ser resolvido entre família virou entretenimento na web com centenas de milhares de acesso.

O que leva uma mulher brigar fisicamente com outra por causa de um homem? Insanidade? Ciúme doentio? Desequilíbrio emocional? Seja qual for o problema, eu sustento a “tese” de que homem nenhum merece ser colocado no pedestal como se fosse o único,  o supremo, o máximo!

No momento em que um homem decidiu ficar com outra, ele não está feliz com seu relacionamento.  E, nada mais justo do que a mulher permitir que seu "companheiro" siga seu caminho  e busque sua felicidade. Ela pode superar esse desafio com muita dignidade além de ficar livre para encontrar um homem de verdade que a valorize. [Podemos inverter os papéis, porque todos merecem respeito!]

Friday, April 23, 2010

(H) de homem (M) de mulher - II


Uma das maiores queixas das mulheres em relação aos homens é de que eles não lhes dão o devido valor. Temos dois pesos e duas medidas: eles transferem a responsabilidade para elas, afirmando que a mulher não está se valorizando. Pois bem, mesmo com a “revolução” feminina em vários campos da sociedade, o homem ainda é um provedor! Temos indicadores que comprovam isso indiscutivelmente.

A leitura que fazemos hoje é de que as mulheres estão cada vez mais “poderosas”. E isso inclui a valorização pessoal! Não é porque conquistaram a liberdade sexual que...enfim! Mesmo que seja uma verdade que os homens fazem sexo e as mulheres fazem amor, se igualar a eles não garante que vão conquistá-lo no primeiro encontro.

Para Sherry Argov do livro Por que os homens amam as mulheres poderosas”, quando o sexo acontece rapidamente, o homem conseguiu o que queria, pois ele se sente aliviado e sabe que já alcançou seu objetivo, enquanto que a mulher está apenas começando a lutar pelos objetivos dela. A autora coloca que a mulher poderosa não aceita ser um mero ponto de parada ou só uma aventura de uma noite. Esclarece que o homem valoriza a mulher quando ele deseja estar maior parte do tempo ao lado dela e não apenas por uma noite.

O foco da opinião é que, naturalmente o homem não quer compromisso, ele precisa de um tempo para aceitar a idéia de se envolver ou não com uma mulher. Mas como ela tende a querer algo mais sério, deve agir de forma poderosa para se fazer desejada. Isso não está relacionado ao fato de ambos quererem apenas uma noite e nada mais.

Sou uma mulher de 30 anos, solteira, moro sozinha, sem filhos e nunca fui casada. Conheço várias mulheres que estão direta ou indiretamente compondo este perfil. O que se passa? De onde vem essa força de resistir à pressão da sociedade de que temos que casar e ter filhos? Sim. Há essa imposição social de que temos que cumprir um ciclo e desde a infância somos ensinados sobre ele. Por que o primeiro brinquedo da menina é uma boneca? o que dizer então dos jogos de panelinhas, cama, mesa e banho infantis? E por que o primeiro brinquedo dos meninos é um carro? Ah! e ainda tem as armas e bonecos de super-heróis. Faz sentido: a mulher terá filhos e vai cuidar da casa, enquanto os homens com a posse de um carro têm a força! Até os feios podem pegar as mulheres que desejarem.

Acredito que os fabricantes de brinquedos desenvolverão novos conceitos de produtos para o público infantil, talvez sejam mais educativos e funcionais. Quem sabe, reinventem a roda. Percebemos facilmente que há uma ruptura em algumas veias da sociedade no que diz respeito ao relacionamento a dois. Deixo aberta essa discussão.

----------------------------------------------
Leia também a Parte I desta série

Sunday, December 27, 2009

(H)de homem (M)de mulher


--> --> --> -->
O “mercado masculino” não está pra peixe! Têm algumas espécies ameaçadas de extinção, outras indisponíveis, além das que saíram de circulação. Mas, é possível encontrar alguns homens em liquidação –, os do tipo commodities, que vivem falando de futebol, que coçam o saco, mascam chiclete e apertam os lábios rapidamente quando vêem uma fêmea se aproximando. Ah! eu não posso esquecer dos “vencidos” – tipinhos que mexem qualquer mulher na rua, chamando de “gostosa!” ou dando cantadas tão idiotas quanto eles.

Nós, mulheres, optamos pelos autênticos! Tipo assim: verdadeiros, respeitosos, companheiros, compreensivos e por que não bons no ponto “G”? Sejamos realistas, não encontraremos perfeitinhos e complicados. Das duas, uma! Desde que venham com selo de qualidade. Para não cometer injustiça, tem os testados pelo Immetro – os desquitados, é claro! Com certeza aprenderam muito com seus erros e estão prontos para “uso”. Tem um detalhe: eu nunca ouvi falar de homem encalhado, se houver, deve está com defeito de fabricação... ou sei lá!

Como esse mercado está a cada dia competitivo, a mulher que já encontrou sua "cara-metade", "alma gêmea" ou outra categoria de produto, está buscando alternativa para estreitar ainda mais os laços e alianças, já ouvi falar "n´s", porém eu não vou entregar o ouro ao bandido.

Conversando com muitas amigas solteiras, casadas, desquitadas e enroladas, além de me aprofundar na literatura voltada para o público feminino. Tenho uma concepção: As mulheres estão buscando incessantemente a “fórmula do amor”. Bem, se um dia for para as prateleiras, vai ter muita mulher aderindo. Hum... quanto elas estariam dispostas a pagar? Acredito que o mais importante será o custo benefício, e, não demoraria muito para ter a versão “pirata” nos camelôs.

Os homens são eternos caçadores. Mas, as mulheres não são mais “presas” fáceis. Eles vão ter que rever seus conceitos, porque elas estão livres, leves e soltas.

Wednesday, October 28, 2009

Contra as Regras


Do nada, ela viu uma fumacinha em formato de carranca atingir sua áurea. Era como se seu pulmão estivesse sendo arrancado em um tempo que, para ela, parecia uma eternidade. Sua voz e respiração se separaram, ela experimentou o licor de menta oferecido pela morte que saia da boca de um homem que estava ao seu lado. Quando voltou a si, ela estava dentro de um cinzeiro a céu aberto. Viu muitas bitucas espalhadas, e, um monte de pessoas passando pra lá e pra cá, de longe, avistava várias carrancas saindo da boca de pessoas desmioladas. Em sua cabeça passava um filme de terror que ainda está em cartaz: “O Ministério da Saúde adverte...”. Eis que um tiroteio avança em sua direção... Nina foi atingida em cheio no coração. O atirador portava muita munição, entre tantas estava a que ele mais usava, a nicotina, pois ele acreditava que servia para proteger e fortalecer os bravos guerreiros, mas no fundo ele sabia que era para recarregar seu vicio, uma arma com alto poder de destruição. Ele mirou e atirou sem piedade na jovem. Ela caiu diretamente nos braços dele, a arma do crime é bastante comum entre os homens. Alguns possuem porte ilegal: a sedução.

Wednesday, August 12, 2009

Vara Curta




Cutuca com pau de laranjeira, espreme até sangrar, sabe muito bem como manipular as batidas do coração de uma onça brava. Ele quer apenas se divertir, estalar o dedo, e, ela mansamente, sem medir esforços, em seus braços cair . É uma fêmea da melhor espécie, pele brilhosa, limpa, seu cheiro perturba machos vira-latas, machos com pedigree. Uma mulher-onça, com olhar carente, mas firme, sensualidade em cada pisada, leve, sorrateira, só que tem um defeito: acredita em sapos que viram príncipes – vive um conto de fada - espera um cavalo branco com asas. Acha que ele é sua alma gêmea ou que já se amaram em outras encarnações, até vela para anjo da guarda acende para não morrer de paixão. Esse felino ouriçado se sente o mais cobiçado do pedaço, mostra-se forte, pleno, livre, porém, esconde um machucado – imerso no seu orgulho. Quer todas as fêmeas imaculadas lhe dando banho de língua, e, até agora ainda não encontrou nenhuma para lamber seu ego ou aliviar sua míngua. Uma solidão que se esconde quando entra no estado liquido da matéria do homem, um transbordo que pode ser comprado, às vezes, sem muito esforço pode ser dado. Que bicho dá no homem que o faz com apenas uma mulher ficar? Não ter mais olhos para outra, que o faz até mesmo chorar? Já não canta mais de galo e nem se atrai por galinha. A mulher tem que caçar esse tal bicho, do contrário vai continuar se vestindo oncinha. Mas se isso for uma conseqüência... é melhor não cutucar com vara curta!

Tuesday, February 03, 2009

O DILEMA DE MORAR SOZINHO - PARTE VI




-->
Ninguém está seguro! Nem mesmo debaixo da igreja ―, pode vir a desmoronar sobre a cabeça dos fiés quanto menos se espera. Pessimismo? Não! Porque sou uma pessoa muito otimista, mas não posso fechar os olhos para a realidade que invade a nossa casa.

Sempre na virada de ano, fazemos “aquela” reflexão..., colocamos os pingos nos “is” que passaram despercebidos no ano velho, e, fazemos “aquele” planejamento para o ano novo. Bom seria se tudo acontecesse como planejamos.

Era apenas o 13º dia do ano novo, e as adversidades invadiram minha casa, ou melhor, um ladrão invadiu. Não sei há quanto tempo eu vinha sendo observada ou perseguida. O fato é que acordei às 3h da madrugada com um barulho de porta “se abrindo”. Quando abri os olhos, tinha um homem dentro da minha casa, não hesitei: Gritei muito alto como se fosse meu último grito.

Praticamente, o gatuno já estava de saída. Correu desesperadamente! Desarmado provavelmente, do contrário, teria me matado naquele momento ou até mesmo me violentado, pois ele estava lá dentro. Há quanto tempo? Eu não sei, é melhor nem pensar. Levou minha bolsa com apenas R$ 2,00 e todos os meus documentos e cartões. A pergunta que não quer calar: como encontrou a bolsa se nem eu mesma sabia onde eu tinha colocado? Talvez ele tenha entrado com uma lanterna. Ao se dá conta que saiu no prejuízo, abandonou a bolsa a uns 3 km de distância. Fui contatada no dia seguinte, pois tinha um telefone para contato.

Em estado de choque gritei por socorro. A vizinha da casa de frente me socorreu prontamente. Dando-me água e me levando para sua casa. Liguei para meu amigo Alexandre que, imediatamente, com sua mãe, saíram de madrugada ao meu encontro. Deram-me toda a assistência após o ocorrido.

Não consegui voltar mais para aquela casa “mal-assombrada”, assim posso dizer. Pois vivi um terror na minha vida. Fiquei desestruturada tanto emocionalmente quanto financeiramente. Pois as mudanças repentinas me desgastaram plenamente encurtando meu orçamento.

Nesta hora difícil, contei com o apoio da empresa onde trabalho, a qual me liberou das atividades da semana, com a Coordenação da Pós-graduação que renegociou as parcelas, pois eu iria abrir mão do curso para poder colocar tudo no lugar, e com a grande ajuda da minha melhor amiga, a Chris, que cedeu um pedacinho do seu lar até que tudo se resolvesse.

Já estou na minha nova casa. Estou começando do “zero”. As traças e os cupins roubaram meu espaço, mas não a minha fé. Confesso que senti muita falta do colo do papai e da mamãe. Se tudo na vida tem um preço... é por isso que existe o capitalismo!Morar sozinho é um grande dilema.

Thursday, October 30, 2008

O DILEMA DE MORAR SOZINHO - PARTE V



Retomando a série...

Já está na hora de deixar este estilo de vida? Pensar em casar, amancebar-se...juntar as escovas de dentes?Que dúvida cruel!

Ah! Como é bom chegar em casa e fazer aquela bagunça...não ter preocupação com nada. Sair e chegar na hora que bem entender, beber na boca da garrafa, comer miojo quase todos os dias, tomar café na padaria, esquecer de comprar papel higiênico, andar sem roupa pela casa. O que acabo de citar são algumas das mais variadas manias da geração “Young”.

Neste universo comportamental, é possível dá de cara com solteiros que moram sozinhos e fogem de casa. É a tal liberdade que todos os jovens querem, de às vezes, chutar o pau da barraca! E, se assim o fizer, não terá ninguém para reclamar ou até mesmo ficar preocupado com atitudes repentinas.


Mas, morar sozinho, não quer dizer que estamos livres das contas. Tudo tem um preço!. Se a independência for verdadeira, é claro que, não haverá ajuda monetária. Ou melhor, teremos que arcar com tudo sozinho. É nesta hora que vem aquele desejo de ter alguém por perto.

A idade vai avançando, as cobranças introspectivas também. Cai a ficha de que já está no “tempo” de formar uma família. Então... é chegada a hora de colocar na balança os prós e contra de morar sozinho. Mesmo batendo um leve desespero ao perceber que as coisas estão afunilando. É tempo de tomar decisões!

Agora, quando não se está preparado para tomar decisões... Como encarar um pedido ou a pura-espontânea-pressão de casamento derepentemente? Bem, pedir um tempo para pensar facilita a fuga, em outras ocasiões... é chorar na cama que é lugar quente!

Monday, September 01, 2008

DESPOIS...
ANTES...

Friday, May 16, 2008

MELHOR SER CORNO DO QUE PAGAR PENSÃO


Eu não faço a mínima idéia de onde veio esta frase. Acho fantástica!
Justiça seja feita! Nem artista global, e, muito menos, jogador de futebol, escapam dos olhos da justiça quando se trata de pensão. Pelo menos alguma lei tem que ser cumprida. Olhos da justiça?Desde quando, Lena? Acho que eu não devo ter me expressado bem. Continuando o raciocínio... ao abrir jornais de alta circulação, é comum ver casos de amor, traição e morte. Às vezes fico chocada com certas notícias.
A traição, atualmente, tem um posicionamento muito natural e banal. Ora, existe uma pregação rigorosa nas diversas mídias, principalmente nas dramaturgias, que mostram “a vida como ela é” ou como ela deve ser. Diga-se de passagem, que muitas pessoas ficam em busca de modismos e de comportamento de artistas para continuar vivendo.
Quem ama não trai, quem ama supera a concupiscência da carne. Estou errada? Há homens que dizem que a traição faz parte de sua natureza, do seu universo. Será? Estão sustentando a tese de que todos os direitos são iguais, então mulheres podem trair também.
É por isso que muitos homens estão preferindo ser corno a pagar pensão. É mais lucrativo.Assim,eles não correm o risco de serem presos se atrasarem o pagamento ou até mesmo ficar sustentando o "Ricardão". O que você prefere?

Thursday, August 23, 2007

Nas Entrelinhas Poéticas





Caros leitores,
Levantem vossos copos e brindemos! [tim, tim...]

O motivo é a Antologia Algumas Ficções. Com o romance virtual de minha autoria: Nas Entrelinhas Poéticas.


É sobre um casal que se conhece por acaso pela internet. Eles são escritores anônimos que têm em comum a poesia. E por causa de longas conversas em mensagens instantâneas que eles se envolvem em um jogo perigoso de versos e estrofes.
Aperitivo:
"... – Olhe para mim. Pense agora que estou sentada e você deitado no meu colo. Passo levemente minhas mãos no seu rosto e começo a te encher de selinhos. Você pode sentir? Ela o provocava.
– Claro!Assim sinto vontade de fazer amor com você! – Estou dizendo no seu ouvido: meu gatinho, meu amor, meu lindinho, fica comigo!
– Estou arrepiado. Você consegue sentir minhas mãos passeando entre suas coxas?..."


Saidera:

"... Emma entra no MSN, e, não vê ninguém on-line. Apenas encontrou uma sala vazia e triste. Sete horas de espera... ele não apareceu, nem mesmo mandou uma mensagem. Ela estava em um congestionamento de plaquetas que subiam e desciam, sua esperança era resistente. Dava para ouvir o coração da morena do agreste pulsando a dor, estava acelerado, sem freio. Sua inquietação estava transparente, entrava e saia do MSN. Então, decidiu escrever um e-mail para o anjo cafajeste...".


Friday, February 02, 2007

NAS ENTRELINHAS POÉTICAS - FINAL

Com os olhos arregalados , Emma fecha sua caixa de e-mail. Suas mão frias e ásperas esfregavam suas bochechas coradas, enquanto o computador entrava em estado de proteçao de tela. Encaminha o cursor até iniciar...

Se eu fosse você, compraria o livro Algumas Ficções para ver o final.

Wednesday, January 24, 2007

CAPÍTULO 12- FAÇA SUA ESCOLHA


Pessoal, o conto chegou ao fim. Mas não vou deixar que termine de qual quer forma. Escrevi três finais e vou deixar que o leitor escolha o desfecho.
1 – Ele se arrepende de tudo e conclui que a mulher da sua vida é Emma.
2 - Ela não quer mais sofrer por causa dessa louca paixão. Não quer mais que Diógenes faça parte da sua vida, nem mesmo como amigo.
3- Para não haver ressentimentos, os dois poderiam tentar ser amigos.

Wednesday, January 17, 2007

CAPÍTULO 11- ELE RESPONDE

Diógenes não entrou mais no msn desde a última discussão que teve com Emma. Ele finalmente responde ao e-mail de Emma,três dias depois do recebimento.A morena agonizava sempre que entrava na sala e não encontrava seu amado... Adquira seu exemplar!


Friday, January 12, 2007

CAPÍTULO 10- ELA QUER A VERDADE
Emma entra no msn, não vê ninguém on-line. Apenas encontrou uma sala vazia e triste. Sete horas de espera... mas ele não apareceu, nem mesmo mandou uma mensagem. Ela estava em um congestionamento de plaquinhas que subiam e desciam, sua esperança era resistente. Adquira Seu exemplar!


Friday, January 05, 2007

CAPÍTULO 09- AS COISAS SE COMPLICAM


-Oi, minha querida!Ele entrou no MSN, louco para papear.
- Se eu fosse você não falaria mais comigo! Ela estava extremamente irritada.
- O que foi?
- Não se faça de bobo. Você acha que sou alguma idiota?

Friday, December 29, 2006

CAPÍTULO 8 - ESCONDENDO O JOGO

Ele rabiscava as paredes em azul, a fonte Courier lembrava a máquina de datilografia.

- Essas Linhas poéticas foram feitas prevendo o nosso amor.Ele envolvia ainda mais a moça.

- Percebi desde a taça de vinho...Você perdeu essa parte?

Wednesday, December 20, 2006

CAPÍTULO 7- A SALA PEGA FOGO



Depois daquela taça de vinho envenenada, a nordestina do agreste abre as portas com muita força como se tentasse derrubá-la. Esperava na sua cadeira de rodinhas pela chegada do Paulistano. Ele sumiu por uma semana sem deixar sequer um recado na sua caixa de correio, simplesmente desapareceu. Ele entra na sala com um semblante triste. Ela corre ao seu encontro.

Saturday, December 16, 2006

CAPITULO 6- SONHOS PERIGOSOS




As noites de Emma não eram mais as mesmas. Ela não conseguia parar de pensar no seu amado virtual. Rolava na cama de um lado para o outro, a cama já não agüentava tantos movimentos. Tentava ler um livro, colocava uma música instrumental e seus olhos não demonstravam nenhum interesse no seu sono.
A sala vai pegar fogo, não perca o próximo capítulo!

Thursday, December 14, 2006

CAPÍTULO 5- ENVIANDO O AMOR PELO CORREIO


Sábado de primavera, as folhas caiam sobre o globo terrestre. Ela foi até sua caixa de correio eletrônico e viu uma carta de Diógenes. Ele declarava todo seu amor. Já não conseguia mais esconder.


Participe da Nossa Comunidade no Orkut

Thursday, December 07, 2006

CAPÍTULO 4 - TRÂNSITO DE PALAVRAS



Afrouxava a gravata enquanto esperava Emma entrar. Sua língua não parava, ficava dançando soltamente nos seus lábios. Ela entra e não o vê.
A paixão pode enganar... Emma que se cuide! Não perca o cápítulo 5.

Thursday, November 30, 2006

CAPITULO 3- TODOS OS DESEJOS RESERVADOS

Cidade poluída pela falta de amor a vida, uma correria em busca do que faz o homem sorrir. Diógenes, amante da natureza, sonha em visitar o nordeste...Adquira seu exemplar!

Monday, November 27, 2006

CAPÍTULO 2- PAREDE MÁGICA



Diógenes é um viajante do espaço virtual, pega seu cursor, e percorre por várias estradas, sem eira, e nem beira...
Leia +
Adquira seu exemplar!

Saturday, November 18, 2006

NAS ENTRELINHAS POÉTICAS


CAPÍTULO 1- DOIS PONTOS DISTINTOS

Este conto é sobre um casal que se conhece por acaso, pelas páginas do maior livro aberto do mundo: a internet. Eles são escritores anônimos que têm algo em comum. E por causa de longas conversas através de mensagens instantâneas eles se envolvem em um jogo perigoso de versos e estrofes.
Adquira seu exemplar!

Saturday, November 11, 2006

PRESENTE PARA MORTOS E VIVOS


Toda mulher gosta de receber flores. Além de romântico, é muito cavalheirismo da parte de um homem, fazer essa proeza. Eu sei que estamos no século XXI, é raro encontrar homens românticos e cavalheiros, que abram a porta do carro, que escrevam uma poesia, que puxem a cadeira para mulher sentar (se fizer isso, é para ela cair...risos).

As flores são objetos com aspectos simbólicos, quando alguém ganha flores, o semblante da face transcende todos os sentimentos. As flores agradam até os mortos. Não adianta me olhar com essa cara, é verdade!Não se preocupe, não é nenhuma postagem fúnebre, não gosto de brincar com a morte, pois sei que ela vai me pegar um dia...

Você já se perguntou por que as pessoas levam flores para os mortos? Andei me perguntando esses dias: por que as flores representam a vida e morte? Isso não é não é papo de poeta... Quando vi na TV um helicóptero jogando flores no local do acidente aéreo, o qual envolveu um jato, o Legacy, da Embraer e o Boeing 737-800 da Gol. Lembrei de uma reportagem do Fantastico, em que um maluco jogou flores de um helicóptero em cima da casa de uma mulher, em sinal de declaração de amor.

Vejam que coisa louca. As flores representam sim, a vida e morte. Ela nos acompanham do nascimento até a morte. Foram os nossos primeiros desenhos da escola, foram os primeiros presentes dados a nossa mãe, presentes de aniversário, presentes de campeonatos, e...
Não fique pasmo. Curta este Vídeo!

Thursday, October 26, 2006

DILEMA DE MORAR SOZINHO - VI


Amar intensamente





Para você que mora sozinho, um perguntinha, só por curiosidade: quando você vai deixar de viver este dilema? Não me refiro em dividir o cantinho com amigo(a), mas falo sobre a vida conjugal. Já tem um amor?

Ai, ai, ai... já falei em outro tópico, acertei na loteria. Já tenho o amor! Morar sozinho nos proporciona a liberdade para amar intensamente. Você não precisa dar satisfação para ninguém e muito menos para vizinho fofoqueiro. Você entra e sai a hora que quer.

Às vezes, estou sentada na cama, pensando na vida, ele bate na porta, meu coração dispara. Caio em seus braços e seu beijo me envolve. Ainda bem que moro sozinha assim posso desfrutar de um momento romântico sem medo de ser feliz.

Esta série, é para trocarmos experiências, mesmo! Compartilhar das resistências às mudanças. E nada melhor que dá uma pitada de romantismo, mesmo de forma tímida.
Ah, eu não vou ficar entrando em detalhes do que rola entre as quatro paredes do meu cantinho. Vou deixar por conta da sua imaginação. .


Eu confesso: tenho muita coisa ainda para contar!

Saturday, October 14, 2006

O DILEMA DE MORAR SOZINHO PARTE IV
Não ao Consumismo!

Para você que pretende montar a casa do zero, prepare o bolso, pois o consumismo é inevitável. Se você não é uma pessoa preconceituosa, eu sugiro de cara, lojas de R$ 1,99 para a compra de copos, pratos, talheres, lixeira, baldes, bacias etc. Enquanto a mobília, é muito pessoal, você deve ficar atento aos juros dos prazos de pagamentos longos, muitas das vezes, você paga o dobro da mobília, o pagamento a vista é melhor opção, dizem os economistas.

Solteiros geralmente são desorganizados, mas se você se inclui na exceção desta regra, uma das maneiras de controlar gastos é anotar em uma planilha de Excel até o cafezinho da esquina que você toma . Bem que tentei fazer isso, mas quando percebi que os custos superavam a receita, fiquei deprimida!

Na minha planilha básica tinha os campos de receita(salário e bonificações) e custos (faculdade, aluguel, alimentação, luz, condomínio gás, telefone, condução, tarifas bancárias, etc). Quando fechava no vermelho, imagine como ficava a balança...

Por tanto, é melhor não ver a linha de baixo, assim cuido mais do meu coração.Caros, torçam para que eu consiga colocar um freio no consumismo. Eu preciso casar e construi uma família, ou vocês acham que vou morar sozinha a vida toda?

Saturday, September 16, 2006

O DILEMA DE MORAR SOZINHA - PARTE III


ESTAR SOZINHO OU NA SOLIDÃO?


Às vezes, vamos para casa apenas para dormir.O final de semana é muito curto. Pois temos tanta coisa para fazer que nem nos damos conta quando ele termina, sem falar na jornada de trabalho que inclui os finais de semana também, mas quando ela é assim, você tem pelo nos um dia na semana para você se organizar.
Mas se você não manter sua mente ocupada vai ficar com uma sessão estranha, a de solidão. Ah, não fique triste! Morar sozinho não é sinônimo de solidão, pois você às vezes pode estar com muitas pessoas ao seu redor e fica se sentido sozinho ou na solidão.
Quando você estiver sentindo ausência de algo, como se estivesse na solidão, leia um livro, ouça uma música agitada, por favor, não vá ouvir música que te faça sentir saudade. Dance, faça exercícios físicos, abdominal de preferência! Assim você sente uma única ausência, a da barriguinha. Bate-papo na internet, é uma boa pedida.
Não somos de ferro, sentimos solidão! Morar sozinho é viver fugindo dela o tempo inteiro. Quer saber de uma coisa, acompanhe a série, eu garanto você vai ver que não está sozinho neste dilema.

Sunday, September 10, 2006

O DILEMA DE MORAR SOZINHO PARTE II
SOMOS RESITENTES A MUDANÇAS

Não é à toa que as pessoas são resistentes a mudanças. Esse paradigma vale para qualquer situação que você for submetido. Principalmente na mudança de lar. Confesso que penei muito. Pois quando sai do último apartamento, tive por obrigação, deixá-lo em ordem: pintado e com as contas em dia. Aos trancos e barrancos, consegui!

E o frete para levar as traias? Móveis de gente solteira, não resiste a mais de uma montagem. Mesmo assim desmontei o armário e a escrivaninha, e levei. Graças a Deus um amigo se prontificou em levar minhas coisas no seu Palio Weekend. Fizemos duas viagens. Solteiros passam bons bocados quando precisam fazer sua mudança.

Mas, antes das pessoas assumirem seu novo cantinho, geralmente fazem uma super faxina. Eu lavei o meu da cabeça ao pés. Estava com cheiro de mofo, com teia de aranha e muito sujo.

E, para fazer a primeira faxina é preciso coçar o bolso e comprar os itens de primeira necessidade: Sabão em pó, água sanitária, multi-uso, palha de aço, esponja, vassoura, desinfetante etc. Haja produto para deixar o cantinho com cheiro de limpeza e com cara nova.

É chegada hora de colocar as coisas no lugar. Eu garanto que em um único dia você não consegui arrumar tudo. O ideal é chamar um parente, namorado(a) ou amigo(a) para ajudar. Montar o armário de novo? Melhor chamar um especialista.

A pessoa que chamei montou errado, que decepção! Eu fiquei tão indignada que desmontei o armário e montei de novo. Por pouco não mandei o cara para aquele lugar, e o pior ainda paguei o infeliz. Mas como era nova na localidade não quis fazer nenhum barraco para não criar antipatia com os vizinhos e ouvir gracinhas por onde passasse.

O meu namorado deu aquela força! Claro, coloquei para carregar as coisas pesadas(risos).

Você tem alguma experiência para contar? Acompanhe a série!

Sunday, September 03, 2006

O DILEMA DE MORAR SOZINHO – PARTE I


TOMADA DE DECISÃO
Para tomar a decisão de morar sozinho é preciso fazer um planejamento. Pois você vai encontrar pela frente um monstro, o desconhecido!

Moro no Rio de Janeiro há seis anos. Já morei com uma tia, depois, com dois irmãos, mais tarde com um irmão e finalmente sozinha. Oba! Tomei a decisão por uma única razão, brigas! Eu e meu irmão mais novo vivíamos discutindo sobre a sujeira da casa, as louças sujas da pia, as contas para pagar e mais um monte de coisas.
Comecei do zero, sem um garfo! Como estudo à noite, resolvi morar próximo da faculdade, logo em menos dez minutos estou em casa. Ah! Solteiros adoram batizar seu novo espaço, uns chamam de "muquifo", outros de "cafofo", outros de "AP", eu batizei de cantinho.
Ainda bem que a negociação foi muito simples, não precisei de fiador. Foi na cara e na coragem. Ufa!
Buscar a independência custa caro, você depende de você mesmo, trabalha para pagar o aluguel e um monte de contas, Deus te livre se deixar atrasar alguma.É por essas e outras que ficamos sentindo falta das asas da mamãe e do colinho do papai, mas aconchegos assim não pertencem mais aos independentes. Você olha para o lado e ver apenas solidão.

Seu primeiro dia é angustiante, você sente insônia, vai a geladeira tomar água, tenta ler um livro, liga a televisão, o radio, coloca um CD, e por fim, chora! Tua sensação é de desespero.
Eu não quero ficar botando terror nos que querem ter vida de independentes. Mas digo com muita convicção. Não é fácil!! Mas aqui no Portal,você vai poder se aprofundar e ficar expert no assunto.

Solteiros são sempre Românticos, você vai ver ao longo d
a série.

Participe das redes sociais!


Fique sabendo de tudo o que acontece nesse nosso mundo Incessante, curta a fanpage e siga o instagram da loja!

Saturday, September 02, 2006

NOVA SÉRIE


A partir de amanhã começa mais uma série no Portal: O Dilema de Morar Sozinho, que poderá ser conferida no Romantismo Sempre. É claro, você vai provar um aperitivo na página principal.
Na Banda do Marketing, estamos abordando outra série: A Caminho do Relacionamento. De forma simples, retratamos a realidade árdua que os profissionais de vários segmentos e setores estão percorrendo para garantir vantagem competitiva de suas organizações neste mercado volátil.
Essa nova série, não é apenas para quem passa por este dilema, mas para quem já passou, para quem pretende passar ou para quem conhece alguém que vive este dilema.
Não deixe de acompanhar.

Sigam-me os bons!

Receba as novidades por e-mail :